Práticas para melhorias da qualidade e higiene do leite em pequenas propriedades rurais de Sertão e municípios limítrofes

  • Jordan Seibel Zago Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Elaine Dalberto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Alice Eduarda de Almeida Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Carla Verônica Vasconcellos Diefenbach Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
Palavras-chave: Qualidade, Leite, Extensão

Resumo

 

Para melhorarmos a produção leiteira em vários aspectos. Neste sentido Carvalho (2014) relata que a cadeia do leite vem evoluindo em diversos aspectos. Granelização, modernização de fábricas, aumento espetacular do consumo, redução das importações, forte aumento da produção, melhoria da produtividade, instalação da rede oficial de laboratórios de qualidade do leite, melhoria na disponibilização de informações, serviços e produtos ao produtor de leite que justificam a evolução. Ohi (2010) afirma que a higiene é um dos principais pontos relacionados à produção leiteira e que a qualidade do leite é influenciada por fatores zootécnicos, associados ao manejo, alimentação e fatores relacionados à obtenção e armazenagem do leite. O objetivo deste estudo é trazer conhecimentos a respeito das questões de higiene e qualidade do leite, promovendo o desenvolvimento e a melhoria da produção leiteira em propriedades rurais de pequeno porte das localidades onde os alunos (as): Jordan Seibel Zago, Elaine Dalberto e Alice Eduarda de Almeida, residem, oportunizando assim o desenvolvimento regional. Nos últimos anos ocorreram muitas transformações na cadeia produtora de leite, principalmente no que diz respeito às exigências na qualidade do leite quanto ao envio do produto para a indústria. No primeiro semestre os discentes tiveram o primeiro contato com o projeto desenvolvendo questionários e realizando estudos teóricos para posteriormente, no segundo semestre, desenvolverem as atividades práticas. Verificou-se como se encontravam as propriedades quanto à higiene e qualidade do leite, na sequência, prestou-se assistência sugerindo assim mudanças para, finalmente, serem tabulados os dados verificando a ocorrência ou não de alterações positivas após a implantação das modificações sugeridas. Com isso pretende-se fomentar a extensão e proporcionar ao público externo o conhecimento sobre a importância do controle da higiene e qualidade do leite em uma propriedade leiteira, além de auxiliar os produtores buscando a melhoria das condições de produção do leite.