Dia de campo como estratégia de difusão de tecnologias agropecuárias, no IFRS, Câmpus Ibirubá

  • Marilia Schmidt Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Marcos Paulo Ludwig Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Eduardo Girotto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Diego de Oliveira Camera Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Willian Rossetto de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Darlan Eickstedt Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Liziane Rohr Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Leticia Decarli Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Marcos Vinicio Behnen Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Julia Decarli Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Vinicius Dierings Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Juliano Dalcin Martins Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
  • Lucas Navarini Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá
Palavras-chave: Dia De Campo, Técnicas Agropecuárias, Estações, Alunos, Tecnologias

Resumo

A escolha de técnicas agropecuárias no sistema de produção das propriedades merece uma análise detalhada. Estudos regionalizados focados em novas tecnologias geram informações importantes para os produtores e podem auxiliar na utilização da técnica, constituindo-se, dessa forma, em uma importante ação de extensão, vinculada à área agropecuária. O objetivo do trabalho foi à realização de um dia de campo, com apresentação de técnicas e tecnologias agropecuárias. O dia de campo foi realizado na área didática e experimental do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Ibirubá, referente safra 2014/2015. Foram implantadas 37 cultivares de soja, das empresas: Don Mario, Fundação Pró-Sementes, Nidera, Brasmax, Syngenta, CCGL Tec, Monsanto, a Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO) apresentou técnicas para produção de soja orgânica, a empresa Vence Tudo apresentou modelos de semeadouras e os alunos do Campus apresentaram trabalhos de pesquisa e extensão desenvolvidos na instituição. O Dia de Campo foi organizado em 10 estações, onde grupos de 30 pessoas percorriam o circuito acompanhado de alunos guia, o tempo em cada estação era de no máximo 10 minutos. Participaram do evento além das empresas, servidores e alunos envolvidos na organização e apresentação do dia de campo, demais servidores interessados, todos os alunos do curso e Técnico em Agropecuária, Produção de Grãos e Agronomia e comunidade externa, que na maioria eram produtores da região. A participação da comunidade acadêmica interna, externa, empresas e servidores possibilitou a integração de diferentes segmentos do setor, resultando em acréscimo na formação dos alunos e discussões técnicas e sociais. A visita as unidades experimentais com as cultivares possibilitou a verificação de características agronômicas de cada uma. A apresentação de alternativas produtivas na agropecuária foi destacada na apresentação de técnicas para a produção de soja orgânica. A demonstração de modelos de semeadoras traz a instituição novas tecnologias e possibilita o contato tanto de alunos como produtores. A apresentação de trabalhos de pesquisa e extensão por alunos permite aos envolvidos apresentar os resultados dos trabalhos, tal momento sem duvida contribui para a formação mais integra do aluno.
Publicado
2015-11-30