Roda Leitura no IFRS-Canoas

  • Jade Gabrielle Cruz Nogueira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Canoas
  • Fabiana Cardoso Fidelis Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Canoas
  • João Pedro Schwingel Carada Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Canoas
  • Sheila Katiane Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Canoas
Palavras-chave: Leitura, Literatura, Compartilhamento

Resumo

O Projeto Roda Leitura, em sua primeira edição, é um projeto de extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia- Campus Canoas. O projeto era uma das ações realizadas pelo Programa MEL - Múltiplos Espaços de Leitura, criado em 2013 a partir da união do Projeto Redes Digitais de Leitura e Literatura na Mão, consolidados no ano de 2011. O projeto Roda Leitura surgiu a partir da necessidade de espaços de compartilhamento da leitura em voz alta. Desde crianças somos ensinados a ler para nós mesmos nas escolas e pouco encorajados a ouvir e, principalmente, falar sobre livros. É preciso que as crianças e os adolescentes sejam incentivados a discutir e ter sua própria opinião sobre suas leituras e é necessário que criemos um espaço onde eles possam ser ouvidos. O projeto Roda Leitura consiste em encontros onde os participantes se organizam em uma roda, podendo ser composta de alunos, professores, servidores, familiares do campus e comunidade externa. O tema das leituras de cada encontro é previamente definido pela coordenadora e pelos alunos. A roda também é preenchida por música tocada pelos participantes, e chimarrão e pipoca ajudam a tornar o ambiente amigável e confortável. O compartilhamento da leitura também é feito em formato digital por meio do blog e da página do facebook do projeto, onde são postadas sugestões de livros pelos administradores e pelos seguidores das páginas. É possível também acompanhar as atividades realizadas pelo projeto e as datas dos encontros. Pode-se observar um grande interesse dos participantes pelas atividades do projeto e seu empenho em ajudar a organizar os próximos encontros e dar sugestões para os temas dos mesmos. A cada encontro, o projeto passa a ser mais conhecido e alcança mais pessoas. Também nas conversas sobre o mundo da leitura que aconteciam entre uma leitura e outra, foi descoberto que alguns participantes são jovens escritores e eles tiveram a oportunidade de compartilhar um pouco de seus livros com todos. Ao inserir o livro no espaço acadêmico, ele deixar de ser uma porta fechada e se abre para seus novos leitores. Deixando de ser um simples artefato de prazer, torna-se um construtor de indivíduos com visão ampla para o mundo, enriquecendo o intelecto, a criatividade, influenciando diretamente a vida escolar e facilitando a leitura nela. Devido à sua natureza cultural, o projeto interliga ensino e extensão, tendo em vista que contém em sua proposta a relação entre práticas de ensino/aprendizagem, estudos sobre literatura, discurso, Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) e promoção do patrimônio literário brasileiro.
Publicado
2015-11-30