Vivenciando Educação Inclusiva 2015

  • Marcela Pelisoli da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Osório
  • Natalia Amarilho Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Osório
  • Tainá dos Santos Guatimosim Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Osório
  • Eloise Bocchese Garcez Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Osório
Palavras-chave: Inclusão Educacional, Profissionalização, Respeito À Diversidade

Resumo

O Programa de Extensão Vivenciando Educação Inclusiva 2015 promove ações que incentivam e facilitam os processos de inclusão educacional e profissionalizante, principalmente de pessoas com necessidades educacionais específicas. Vinculado ao Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (NAPNE), objetiva a construção da escola das diferenças, não a escola dos diferentes: uma escola para todos, sem discriminação, na qual todos possam ter acesso, permanência e sucesso escolar com as mesmas oportunidades, através de práticas educativas que realmente atendam as especificidades de cada educando, respeitando assim, sua singularidade como ser humano com direitos e deveres iguais a todos, além de divulgar as diretrizes e políticas públicas que atendem aos princípios do direito à diferença, da acessibilidade, da não discriminação, possibilitando o desenvolvimento e comprometimento de todos pela inclusão social. O programa se desenvolve através de ações vinculadas a ele, como: Curso de Formação: Reflexões sobre o Processo Inclusivo, que proporciona uma formação inicial e continuada aos profissionais envolvidos no processo inclusivo, através de cursos onde se discute a relação entre a teoria e prática, por meio de palestras, com temáticas previamente selecionadas; a Oficina de Libras, que oportuniza o conhecimento da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) nos níveis I e II, para alunos, professores e comunidade externa, garantindo o direito das pessoas surdas de comunicarem-se em Libras, possibilitando a comunicação entre pessoas surdas e ouvintes, e assim gerar competências comunicativas que valorizem a educação e a cultura da comunidade surda no âmbito inclusivo. É desenvolvido com a exposição prática de Libras, através do uso de vídeos, dicionários e atividades de expressão corporal; e o Cine Inclusão, que, por meio de filmes, aborda temáticas que envolvem a inclusão, oportunizando condições para o desenvolvimento do pensamento crítico, o entendimento e aceitação acerca das pessoas com necessidades educacionais específicas, bem como propiciar a (re)leitura de nossa cultura retratada nas telas através de filmes. As sessões de filmes ocorrem de forma bimestral para os discentes, servidores do IFRS – Campus Osório e comunidade externa, seguidos de debates sobre o tema apresentado, havendo assim um desvelar sobre a inclusão e um fortalecimento das noções de cidadania, identidade, respeito e aceitação. O Programa vem mostrando resultados positivos, havendo não só êxito nas participações e avaliações escritas, mas também há procura dos cursos pela comunidade externa, pois ela necessita de profissionais para essa área e, também da compreensão do que é a inclusão e como efetivá-la. Assim, o Programa busca construir e mostrar a importância da inclusão social e educacional na comunidade, onde somos todos diferentes e, principalmente, somos todos humanos e merecemos respeito.

Publicado
2015-11-30