O Mundo dos Cosméticos: Consumo e Produção

  • Caroline Azzolini Pontel Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul- Campus Caxias do Sul
  • Paula De Marco Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul- Campus Caxias do Sul
  • Taynara Cipriano Scherer Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul- Campus Caxias do Sul
  • Eduardo de Oliveira da Silva Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul- Campus Caxias do Sul
  • Olavo Ramalho Marques Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul- Campus Caxias do Sul
Palavras-chave: Consumo, Cosméticos, Tendência

Resumo

Esta pesquisa aborda a indústria dos cosméticos em ambos os lados da ponte entre a produção e o consumo atuais dos produtos de beleza. Temos em vista as tendências da moda e a propagação da mesma através da publicidade, meio estratégico que as empresas utilizam para divulgar os seus produtos, geralmente agregando valor ao associá-los a pessoas consideradas um ideal de beleza. Discutimos também sobre a produção e os avanços tecnológicos que permitem produzir mercadorias melhoradas e inovadoras, buscando aliar um estudo sociológico do consumo a uma investigação sobre a química no cotidiano. De acordo com a ABIHPEC ( Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos ), a população brasileira está entre as maiores consumidoras de cosméticos, sendo o 3º maior mercado consumidor no mundo, porém não produz tanto, sendo o 28º produtor. Este é um dos maiores campos de atuação da área química. A pesquisa de campo feira em salões de beleza, analisando o consumo de cosméticos e da própria publicidade, busca questionar a preferência dos consumidores por certos produtos, e se em algum momento pessoas já tiveram reações a componentes químicos. Serão apresentadas informações sobre os potenciais de risco de cada um dos componentes dos produtos mais comuns. Busca-se também uma relação entre custo de produtos, qualidade e moda. A partir dos resultados será traçado um perfil do público alvo, suas relações sociais e econômicas com a linguagem a qual é submetido na mídia, além de verificar para qual o impacto deste mercado para diferentes grupos sociais.
Publicado
2015-06-17
Edição
Seção
Ciências Humanas - Ensino Médio