Buracos Negros: conhecendo-os um pouco mais

  • Nina Brendler
  • Jaqueline Morgan
Palavras-chave: Buracos negros, Horizonte de eventos, Divulgação científica

Resumo

Os buracos negros despertam a curiosidade das pessoas e principalmente de estudantes que
gostam de Física, apesar disso, é um assunto pouco abordado nas instituições de ensino
médio. O estudo de buracos negros teve início em 1969 pelo cientista John Wheeler e de lá
para cá tem ficado restrito apenas a estudantes universitários e pesquisadores devido à alta
complexidade dos conceitos físicos e matemáticos envolvidos. Em linhas gerais, buraco negro
é o nome dado a uma região do espaço onde o campo gravitacional é tão forte que nada
consegue escapar. Essa região é delimitada pelo horizonte de eventos, onde tudo que
ultrapassar essa fronteira será sugado para o interior do buraco negro, inclusive a luz, por isso
o chamamos de negro. Alguns buracos negros são formados a partir da explosão de estrelas,
outros são chamados de primordiais e existem desde a formação do universo. O objetivo
deste trabalho é fazer uma revisão sobre buracos negros para compreender o que são e como
são formados, porém, sem aprofundamento de conteúdos. A metodologia empregada será a
pesquisa bibliográfica em livros didáticos e de divulgação científica bem como em sites da
internet, além disso, será aplicado um questionário aos estudantes do Instituto Federal de
Educação, Ciência e Tecnologia do Campus Caxias do Sul a fim de fazer um levantamento
de interesse e conhecimento sobre o tema. Pretende-se construir experimentos
demonstrativos que representem o espaço ao redor de um buraco.
Publicado
2018-05-18
Edição
Seção
Ciências Exatas e da Terra - Ensino Médio -Técnico