A correção colaborativa de redações e o aumento da qualidade das produções textuais

  • Débora Neis Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
  • Loiva Salete Vogt Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
  • Cláudia Silva Estima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
Palavras-chave: Leitura, Produção Textual, Correção Colaborativa, Plataforma De Aprendizado Virtual

Resumo

A linguagem desempenha papel fundamental na vida do ser humano. Saber expressar-se, seja na modalidade oral ou escrita da língua é fator decisivo, capaz de criar oportunidades ou fazer com que elas sejam perdidas. Levando em consideração a realidade educacional brasileira, em que muitas pessoas não têm condições de ingressar no Ensino Superior, o ENEM e vestibulares surgem como uma possibilidade de elevar a escolaridade e atuar como mola propulsora na busca por melhores condições de vida. Para tanto, o processo de ler e escrever é cada vez mais requisitado, como pode ser visto no modo como os candidatos são avaliados: a redação geralmente detém 50% da nota. Mesmo com tamanha importância, elaborar uma redação nem sempre é fácil, já que transcende um arranjo fonológico, morfológico ou sintático, construindo-se de enunciados que constituem uma ideia. Desse modo, justifica-se a criação do projeto Leitura e Produção Textual: Estudos e Aplicações, que objetiva ser uma ferramenta para propiciar a constante atualização exigida pela língua no que tange a aspectos gramaticais, desenvolvimento de habilidades de leitura, interpretação e produção textual para estudantes de Ensino Médio e Superior. Tem por finalidade despertar o interesse pelos estudos linguísticos e reafirmar a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, buscando, também, aprimorar o raciocínio crítico e o contato com pontos de vista distintos. A metodologia abordada pelo projeto consiste na oferta de um curso à distância através do ambiente de aprendizagem virtual Moodle, com o intuito de possibilitar a participação e o benefício do maior número de pessoas possível, rompendo, assim, barreiras territoriais. Por meio da plataforma virtual são disponibilizados, semanalmente, textos de diferentes gêneros para o aperfeiçoamento das competências de interpretação, produção textual e correção gramatical. Ademais, são criados fóruns de discussão com temáticas que antecedem uma proposta de redação, o compartilhamento e a valorização de opiniões distintas. A avaliação das redações é realizada de forma colaborativa, através da ferramenta Google Drive, com atribuição de notas baseadas nas competências do ENEM e produção de um documento com sugestões para reescrita, sendo que cada redação é corrigida por pelo menos dois professores e três alunos bolsistas. Resultados preliminares apontam que os participantes têm melhorado as notas da primeira produção textual em relação a sua reescrita. Além disso, as produções posteriores obtiveram notas superiores em relação à primeira proposta apresentada. Dessa maneira, é possível inferir que o projeto vem cumprido os objetivos aos quais se propôs, tendo em vista que os participantes interessados em melhorar seu desempenho nas produções textuais participam das tarefas disponibilizadas e têm aumentado a qualidade de suas redações. Assim, é instigado o raciocínio crítico e são perceptíveis as mudanças de realidade e perspectiva dos participantes do projeto.

 

Publicado
2015-11-30