Educação e Tradição: Lado a lado pelo Rio Grande

  • Leandro Bloss Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Erechim
  • Celso Antonio Dors Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Erechim
  • Cristiane Câmara Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Erechim
  • Catia Santin Zanchett Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Erechim
  • Vinicius Michelin Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Erechim
  • Josiele Sfredo Michelin Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Erechim
  • Monalise Marcante Meregalli Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Erechim
  • Talles Augusto Bragagnolo Spada Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Erechim
Palavras-chave: Educação, Cultura, Tradicionalismo

Resumo

A educação está inserida no âmbito da cultura, não se restringindo à escolarização. O tradicionalismo como movimento cultural organizado possui dimensões educacionais perceptíveis nas suas representações. O objetivo do trabalho é valorizar a cultura gaúcha no meio educacional, através de ações vinculadas ao DTG “Tropeiros da Tradição” do IFRS Câmpus Erechim, promovendo atividades voltadas ao tradicionalismo gaúcho, resgatando a história e mantendo tradições do Rio Grande do Sul. O projeto tem como tema central ressignificar à tradição gaúcha, buscando na instituição um espaço para preservá-la e vivenciá-la, promovendo a cultura gaúcha através de ações que proporcionem um maior conhecimento sobre a dança, música, culinária, indumentária, enfim, costumes em geral do povo gaúcho. Tais ações contam a participação dos alunos e servidores do IFRS Câmpus Erechim e comunidade externa. Além de possibilitar a participação da Instituição em eventos tradicionalistas, o trabalho busca formas de permitir aos alunos, servidores e comunidade em geral o desenvolvimento e conhecimento de suas próprias identidades culturais, favorecendo a formação e uma cultura cidadã. Este projeto teve início no ano de 2014, com diversas ações de sucesso, entre elas a participação do IFRS Câmpus Erechim pelo terceiro ano consecutivo no Acampamento Farroupilha de Erechim/RS, maior evento do tradicionalismo gaúcho no interior do Estado, o qual reúne cerca de 100 mil pessoas anualmente. Destaca-se a importância da participação da Instituição, o que demonstra sua inserção e o reconhecimento da mesma perante a comunidade, bem como o compromisso com as tradições gaúchas. Outro grande marco do projeto em 2014 foi a criação e regulamentação do Departamento de Tradições Gaúchas (DTG), que conta com a participação de 43 sócios-fundadores. Assim, busca-se enraizar no Câmpus, uma política cultural voltada para a valorização do tradicionalismo gaúcho, respeitando a identidade do nosso povo e suas formas de expressão através das artes, promovendo, assim, integração cultural/social no âmbito escolar e comunitário. Dessa forma, as ações já realizadas e as previstas para o ano de 2015 contribuirão em um processo paralelo ao ensino-aprendizagem e colaborarão, com certeza, para a formação de uma consciência de valorização cultural, divulgando as tradições gaúchas e o nome do Instituto perante a comunidade.
Publicado
2015-11-30