Projeto Metamorfose – promovendo mudanças a partir da educação ambiental

  • Glória Silveira Darski Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Canoas
  • Lisiane Celia Palma Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Canoas
Palavras-chave: Meio Ambiente, Educação, Transformação

Resumo

O projeto de extensão Metarmorfose tem como tema a educação ambiental na comunidade escolar e procura sensibilizar os alunos e servidores da instituição em relação ao assunto e envolvê-los em ações internas e externas ao campus Canoas. Seu objetivo principal é desenvolver ações sociais, culturais e científicas que conduzam a comunidade ao desenvolvimento da consciência ambiental. Tem como finalidade e propósito promover um pensamento sustentável, e fazer com que as pessoas reflitam sobre o ambiente em que vivem e o que isso afeta no seu cotidiano, fazendo com que a comunidade escolar se interesse e pense em formas de mudar os problemas ambientais no seu entorno. O projeto está sendo desenvolvido desde 2011 e, durante 5 anos, o trabalho realizado vem sendo motivado pelas mudanças perceptíveis nos hábitos da comunidade quanto ao assunto que diz respeito ao meio ambiente. As atividades vem sendo desenvolvidas com o auxílio de alunos, professores e comunidade externa que se envolvem com o projeto e participam de oficinas, palestras e outros tipos de atividades. Dentre os principais resultados, aponta-se a realização das atividades da V Semana do Meio Ambiente que, neste ano, promoveu sessões comentadas de vídeo, palestras e oficinas com especialistas externos e internos ao campus, bem como o implante de uma composteira para tratar dos resíduos gerados no campus, além do plantio de mudas. Também foi realizada uma palestra externa ao campus, junto com a Secretaria do Meio Ambiente de Canoas, para alunos das escolas do município e funcionários da prefeitura. No segundo semestre, está sendo promovido o envolvimento de alunos voluntários em ações propostas pelos mesmos que vão desde a realização de oficinas de sabão no campus e nas escolas municipais até trabalhos relacionados a adoção das árvores existentes no campus e a reciclagem, incluindo a identificação para deficientes visuais das lixeiras no campus. O trabalho do projeto vem mudando a percepção da comunidade quanto ao ambiente em que vivemos, fazendo com que, principalmente, os alunos se dediquem a atividades sustentáveis e promovam ações que aproximam a instituição de sua comunidade externa.

Publicado
2015-11-30