Geração de Lixo Eletrônico em Sertão/RS - Alternativas de Reuso, Conscientização e Destinação Ambientalmente Adequada

  • Tays Zanolla Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Érica Luiza de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Indara de Araujo Bruzamarello Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Lis Ângela De Bortoli Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Patrícia Nascimento da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Douglas Alexandre Gomes da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
  • Tiago Guimarães Moraes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Sertão
Palavras-chave: Lixo Eletrônico, Mutirão, Meio Ambiente, Conscientização, Cidadania, Inclusão Digital

Resumo

O lixo eletrônico surge a partir do descarte de eletroeletrônicos, seja por estarem obsoletos ou por conta da inovação tecnológica, isto é, como fruto da troca dos equipamentos por modelos mais modernos. Devido ao consumo inconsciente da população, a quantidade desse lixo vem crescendo de forma assustadora. Segundo dados divulgados pela ONU foram produzidos cerca de 42 milhões de toneladas de lixo eletrônico no mundo em 2014. Nesse sentido há preocupação com o descarte destes equipamentos pois a maioria possui, em sua composição, elementos químicos e metais pesados, altamente tóxicos, que podem causar danos severos e, por vezes irreversíveis, ao meio ambiente e aos seres vivos. Com base nessa problemática o projeto tem como objetivos principais conscientizar a população sobre o potencial poluidor do lixo eletrônico e o mal que este causa a saúde, a maneira correta de fazer o seu descarte, bem como, alternativas de reciclagem através da criação de artefatos e arte. Visa também realizar trabalho interdisciplinar entre as áreas ambiental e informática, promover mutirões de coleta do lixo eletrônico aproveitando alguns materiais descartados para as aulas de informática. Para alcançar os objetivos, realizaram-se apresentações em escolas municipais da cidade juntamente com oficinas de criação de meta arte, onde crianças do jardim ao 7º ano foram separadas em grupos e sob orientação das bolsistas realizaram a confecção de quadros com materiais eletrônicos obsoletos não tóxicos e de fácil manipulação, que posteriormente foram usados na decoração dos laboratórios de informática. Cabe salientar que nas ações propostas são abordados conceitos sobre informática e são explicadas e mostradas as principais partes dos computadores, inserindo assim os participantes na era digital. Promoveu-se o 3ª Mutirão de Coleta do Lixo Eletrônico, em parceria com a Prefeitura Municipal de Sertão e a empresa Recycle de Passo Fundo, a qual destinou corretamente os equipamentos coletados. Em 2015, obteve-se um aumento de 57% na arrecadação em relação ao mutirão do ano anterior. E ainda, entidades comerciais da cidade, como por exemplo o Banco do Brasil, estiveram procurando o projeto para fazer doações e descarte de equipamentos. Podendo concluir-se assim, que a partir das ações realizadas pelo grupo a comunidade em geral está se conscientizando e demonstrando grande preocupação, desfazendo-se de seus materiais obsoletos, fazendo com que os objetivos propostos pelo projeto sejam alcançados. A confecção de artefatos, tem mostrado a possibilidade de aproveitamento dos resíduos eletrônicos descartados. Está em fase de elaboração um jogo de tabuleiro com material das doações e com a temática do lixo, para ser usado nas escolas, promovendo o aprendizado de forma lúdica. Tendo em vista o número de equipamentos ainda em funcionamento arrecadados no Mutirão, tem-se como metas futuras, promover doações de equipamentos a entidades carentes e intensificar o trabalho de conscientização.

Publicado
2015-11-30