Promovendo a interação de gerações: Desenvolvimento de atividades lúdicas e culturais no Lar de Idosos Recanto das Borboletas no município de Farroupilha/RS

  • Guilherme Boenny Strapasson Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Farroupilha
  • Elisangela Muncinelli Caldas Barbosa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Farroupilha
Palavras-chave: Educação, Idosos, Direitos Humanos

Resumo

A atenção para as questões referentes ao envelhecimento da população tem crescido nas últimas décadas devido ao aumento da longevidade sem precedente na história. Envelhecer é uma conquista da humanidade que requer planejamento através de ações socioculturais e político-econômicas capazes de promover com qualidade e equidade a longevidade da população. Ao mesmo tempo, dentre os fundamentos da proposta político-pedagógica dos Institutos Federais o que se propõe é uma formação contextualizada, permeada de conhecimentos, princípios e valores que potencializam a ação humana na busca de caminhos de vida mais dignos. Neste contexto, o projeto de extensão tem como objetivo promover a interação entre jovens e idosos através de atividades lúdicas, culturais e informativas que auxiliam na melhora da autoestima e das funções cognitivas dos idosos. O projeto direciona-se aos idosos moradores de asilo, que por dificuldades diversas pouco dispõe de meios ou condições para uma maior socialização, ainda que isso lhes seja um direito garantido por lei. A casa de repouso Recanto das Borboletas, parceira do projeto, atende 36 idosos e é a única entidade com esse fim no município constituindo-se de um espaço de fundamental importância para auxiliar o processo de formação dos alunos, através de espaços de diálogo e troca de conhecimentos e experiências. As ações propriamente ditas ocorrem quinzenalmente junto aos idosos residentes da casa de repouso. Dentre as atividades programadas encontram-se palestras com temas significativos para o público alvo como direitos sociais dos idosos e autoestima, rodas de histórias e atividades lúdicas, como oficinas de xadrez, jogos de cartas, tarde musical, sessão de cinema e apresentações culturais. Almejando o sucesso das ações, o projeto conta com a participação de psicóloga, assistente social, profissionais da área de línguas além dos alunos bolsistas e voluntários que assumiram, de acordo com sua formação e aptidão, ao menos um encontro com os idosos. O primeiro evento foi a apresentação do projeto aos moradores, familiares e trabalhadores da casa de repouso. Nessa oportunidade, além de conhecer o Recanto e os idosos que lá residem, os alunos bolsistas e voluntários apresentaram uma adaptação e encenação do conto “Os dois judeus de cabelo vermelho”, que aborda a temática de valorização da experiência dos idosos levando a reflexão de que uma sociedade que prioriza os jovens e aparência de juventude precisa ter um olhar mais cuidadoso com aqueles que foram os jovens de outrora. A atividade propiciou um momento prazeroso de convivência e interação entre todos os presentes. A cada encontro realizado espera-se fortalecer a importância de se valorizar o saber dos participantes e propiciar momentos de troca de saberes e formação a todos os envolvidos.

Publicado
2015-11-30