O corpo contemporâneo no Ensino Profissional

  • Bernardo dos Santos Pinto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Rio Grande
  • Thaylles Leal da Rosa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Rio Grande
  • Maria Klara Chaves Motta da Costa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Rio Grande
  • Luiz Eduardo Hermann Coelho Schroeder Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Rio Grande
  • José Francisco Baroni Silveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Rio Grande
  • Tatiana Teixeira Silveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Rio Grande
Palavras-chave: Corpo, Gênero, Ensino profissional

Resumo

Esse trabalho apresenta as atividades desenvolvidas por nosso projeto que priorizam a extensão sem desvincular-se do ensino da Educação Física e das pesquisas realizadas pelo Grupo do IFRS nomeado “Educação Física e a Educação Profissional”. O projeto de extensão intitulado “Práticas corporais na contemporaneidade” é um espaço onde os jovens estudantes, professoras, professores e técnicos administrativos do Câmpus Rio Grande, além do público externo, usufruem da infraestrutura e das dependências do Câmpus, para vivenciar práticas de atividades vinculadas ao esporte, a ginástica, ao circo e as discussões que envolvem o corpo na atualidade. O objetivo principal do projeto é proporcionar o acesso a uma opção educativa através das atividades corporais oferecidas à comunidade interna do Câmpus e a comunidade externa em geral. Os pressupostos metodológicos adotados para o projeto são desenvolvidos através de turmas mistas com aulas semanais planejadas pelos professores e executadas com o auxílio dos bolsistas. O projeto também propõe debates a partir da exibição de filmes sobre corpo, gênero e sexualidade. Esse projeto tem suas bases teóricas e práticas nas discussões da Educação Física, e através dos conteúdos propostos nesse projeto de extensão, como yoga, atividades físico-esportivas e circo, esses conhecimentos que são absorvidos pela Educação Física e que tem relação direta com o corpo e sua constituição, integram a relação entre o ensino de determinada disciplina do Ensino Médio Integrado e sua aplicação em atividades extracurriculares, assim como potencializam os vínculos estabelecidos entre os pilares da formação técnica na atualidade. Por outro lado, temos o desenvolvimento de uma pesquisa sobre o Programa Mulheres Mil e os resultados preliminares ajudaram a elaborar o vinculo entre a temática corpo, gênero e sexualidade. Assim como, alertaram para a importância de formar um grupo local que auxilie, discuta, implemente novas ações destinadas as mulheres no ensino profissionalizante. Discutir e propor práticas para o corpo talvez se consolide como uma alternativa eficaz para questionarmos determinadas situações que envolvem o mundo do trabalho e sua preparação nos Institutos Federais. Para além do conhecimento que o próprio corpo adquire ao experimentar novos movimentos e práticas, como o yoga e o circo, por exemplo, é imprescindível que esse mesmo corpo posicione-se frente às deliberações impostas por uma instituição escolar na atualidade e expor-se frente a isso requer um exercício de questionamento em torno das aplicações que a ciência e a tecnologia demandam para determinada área de conhecimento. Os resultados até o momento são exemplificados a partir da integração entre o Câmpus Rio Grande e a comunidade do seu entorno, a melhora na qualidade de vida das pessoas que acessaram as atividades propostas e a ampliação nas discussões sobre o corpo e a sexualidade na atualidade dentro dos Institutos Federais.

Publicado
2015-11-30