Comunica Campus Feliz

  • Gustavo Gohlke Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
  • Matheus Henrique Koch Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
  • Cristina Alves Teixeira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
  • Ricardo Sampaio Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
  • Ubaldininha da Costa Torres Luize Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
  • Tarcísio Gonçalves da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
  • Joana Helena Paloschi Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Feliz
Palavras-chave: Comunicação, Informativo, Inclusão, Comunidade, Relações

Resumo



“Quem não se comunica, se trumbica”, já dizia o comunicador Chacrinha (José Abelardo Barbosa de Medeiros). O principal objetivo da comunicação é o de compartilhar e de se relacionar. E é esta a intenção do projeto Comunica Campus Feliz (em sua segunda edição): compartilhar as ações institucionais - contemplando os eixos Ensino, Pesquisa e Extensão – e da comunidade externa, a fim de promover o intercâmbio de experiências e estabelecer relações. Sendo assim, sua existência se justifica por ampliar e qualificar as relações institucionais com seus públicos, principalmente com aqueles que têm pouco acesso à internet e aos meios de comunicação. Como ferramenta, está sendo publicado um informativo bimestral impresso e eletrônico, o InFoRmeS. O propósito é compartilhar informações nos nove municípios do Vale do Caí escolhidos para receber a edição impressa neste segundo ano: Alto Feliz, Bom Princípio, Feliz, Linha Nova, São Sebastião do Caí, Vale Real, Harmonia, Tupandi e São Vendelino a fim de que conheçam melhor o IFRS – Campus Feliz. Em 2015, as instituições públicas das cidades abrangidas têm a oportunidade de publicar notícias relacionadas à educação e cultura. Com isso, há uma troca de informações entre o Campus e as comunidades locais. Outra novidade, foi a preocupação em deixar o informativo acessível às pessoas com deficiência visual. Para execução do InFoRmeS foram realizadas reuniões de elaboração projeto editorial e gráfico e definição das pautas das duas edições elaboradas até setembro. Após, alguns membros da equipe foram encarregados pela produção do mailing list, pela redação, diagramação, revisão e distribuição. Além disso, há dois formulários on-line no site da instituição: um para quem quiser receber a versão eletrônica e outro para a avaliação do InFoRmeS. Como resultados parciais, foram distribuídos nos nove municípios citados, cerca de 800 exemplares impressos e a versão digital foi enviada para mais de dois mil e-mails cadastrados, sendo que a maior parte dos contatos é de futuros alunos. Com o InFoRmeS, as ações do Campus estão chegando às comunidades que não o conheciam e com isso, espera-se gerar diálogo e estabelecer parcerias. A perspectiva é de que, ao final de 2015, com a publicação de quatro edições, o conhecimento a respeito do Campus Feliz e, consequentemente, do IFRS, esteja mais difundido no Vale do Caí e, como resultado, haja mais procura pelas ações de Ensino, Pesquisa e Extensão.
Publicado
2015-11-30