https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/issue/feed REMAT: Revista Eletrônica da Matemática 2021-07-01T16:42:06-03:00 Greice da Silva Lorenzzetti Andreis greice.andreis@caxias.ifrs.edu.br Open Journal Systems <p><span style="font-weight: 400;">A REMAT: Revista Eletrônica da Matemática é um periódico científico de acesso aberto, que tem como missão compartilhar pesquisas nas áreas de Educação Matemática e de Matemática. O periódico visa a publicação e a disseminação de produções originais de professores e pesquisadores. Recebe manuscritos em língua portuguesa, inglesa ou espanhola, em fluxo contínuo. Adota o sistema de publicações em fluxo contínuo (<em>rolling pass</em>), sendo organizada em dois números anuais. Encontra-se hospedada no Portal de Periódicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) e recebe apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPPI) do IFRS.</span></p> <p><strong>ISSN Eletrônico: 2447-2689 | DOI: 10.35819 | Qualis 2013-2016: Ensino B3 | Interdisciplinar, Matemática/Probabilidade e Estatística, Psicologia B5 | Educação C<br /></strong></p> https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/4789 Preparação para a OBMEP: um relato de sucesso em duas escolas de Araguaína/TO 2021-04-18T11:08:41-03:00 Werley Sales da Silva werley_sales@hotmail.com Fernanda Vital de Paula fernandavital@uft.edu.br <p>A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) é um projeto nacional dirigido às Escolas Públicas e Privadas do Brasil, sendo realizada anualmente desde o ano de 2005. Este artigo tem como objetivos: apresentar as contribuições significativas para o ensino-aprendizagem da Matemática por meio do relato de experiência referente a uma ação realizada em duas escolas de Araguaína, TO, visando a preparação dos alunos do Ensino Fundamental para a segunda fase da OBMEP de 2017, 2018 e 2019; e fomentar o interesse docente em refletir sobre a relevância dessa olimpíada no estímulo do interesse dos discentes das escolas públicas, buscando melhorar o desempenho escolar dos alunos. O presente relato aponta que, por meio da OBMEP, os estudantes das referidas escolas passaram a se interessar cada vez mais pela área de Matemática, tendo em vista que a ação possibilitou a ampliação da forma de estudo da disciplina. Essa ação propiciou também o desenvolvimento da autoconfiança dos discentes, de modo que estes puderam notar suas capacidades em participar de uma competição de conhecimento com possibilidades de premiação.</p> 2021-09-15T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 REMAT: Revista Eletrônica da Matemática https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/4560 As dificuldades de aprendizagem da Matemática na Educação Básica e seus reflexos no Curso de Licenciatura em Física do IFCE - Campus Tianguá 2020-11-10T22:35:22-03:00 Mikaele Pereira Medeiros de Menez mikele08fb@gmail.com Thiago Amaral Melo Lima thiagoamaral.mat@gmail.com <p><span style="font-size: 10pt; font-family: Arial; font-style: normal;" data-sheets-value="{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:&quot;O presente artigo analisou as dificuldades da aprendizagem de Matemática no curso de Licenciatura em Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Campus Tianguá. Esse estudo foi idealizado porque, historicamente, muitos dos estudantes da Educação Básica apresentam sérias dificuldades de aprendizagem da Matemática, durante o seu período de formação, podendo proporcionar um enorme déficit no processo de ensino-aprendizagem no nível Superior. Assim, o objetivo deste trabalho foi o de analisar as dificuldades apresentadas pelos estudantes do curso de Licenciatura em Física do Campus de Tianguá, na área de ensino da Matemática. Dessa forma, foi realizada uma pesquisa com abordagem qualitativa, com alunos e professores do Campus, no intuito de confirmar tais dificuldades nas disciplinas de Matemática e, consequentemente, os possíveis prejuízos apresentados nos semestres subsequentes. Para finalizar, verificou-se como pode ocorrer esse acumulo de déficit acadêmico e as possíveis soluções para minimizar, ou até mesmo eliminar esses obstáculos. Mas, para que isso ocorra é necessário que seja realizado um trabalho que envolva gestores, professores e, principalmente, os estudantes, a fim de que percebam a problemática como uma realidade no Campus e que se tenha o máximo de empenho para a garantia da qualidade do ensino da Matemática no curso de Física.&quot;}" data-sheets-userformat="{&quot;2&quot;:1023,&quot;3&quot;:{&quot;1&quot;:0},&quot;4&quot;:[null,2,16773836],&quot;5&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;6&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;7&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;8&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;9&quot;:0,&quot;10&quot;:1,&quot;11&quot;:3,&quot;12&quot;:0}">O presente artigo analisou as dificuldades da aprendizagem de Matemática no curso de Licenciatura em Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Campus Tianguá. Esse estudo foi idealizado porque, historicamente, muitos dos estudantes da Educação Básica apresentam sérias dificuldades de aprendizagem da Matemática, durante o seu período de formação, podendo proporcionar um enorme déficit no processo de ensino-aprendizagem no nível Superior. Assim, o objetivo deste trabalho foi o de analisar as dificuldades apresentadas pelos estudantes do curso de Licenciatura em Física do Campus de Tianguá, na área de ensino da Matemática. Dessa forma, foi realizada uma pesquisa com abordagem qualitativa, com alunos e professores do Campus, no intuito de confirmar tais dificuldades nas disciplinas de Matemática e, consequentemente, os possíveis prejuízos apresentados nos semestres subsequentes. Para finalizar, verificou-se como pode ocorrer esse acumulo de déficit acadêmico e as possíveis soluções para minimizar, ou até mesmo eliminar esses obstáculos. Mas, para que isso ocorra é necessário que seja realizado um trabalho que envolva gestores, professores e, principalmente, os estudantes, a fim de que percebam a problemática como uma realidade no Campus e que se tenha o máximo de empenho para a garantia da qualidade do ensino da Matemática no curso de Física.</span></p> 2021-07-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 REMAT: Revista Eletrônica da Matemática https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/5085 A experimentação como recurso didático no estudo de proporcionalidade entre grandezas 2021-04-10T15:30:53-03:00 Leomario Ribeiro Maciel da Silva leomariomaciel@hotmail.com Romario de Azeredo Gomes romariodeazeredo@hotmail.com Gabriel Oliveira Marinho g.marinho2710@gmail.com Lívia Azelman de Faria Abreu livia.abreu@iff.edu.com <p>As dificuldades de aprendizagem no estudo de conteúdos algébricos sinalizam a necessidade de metodologias que possibilitem um envolvimento mais ativo dos alunos nas aulas e uma maior conexão dos tópicos abordados com situações concretas. Diante desse contexto, desenvolveu-se esta pesquisa qualitativa do tipo intervenção pedagógica com o objetivo de analisar as contribuições do uso da experimentação no processo de ensino e aprendizagem de proporcionalidade entre grandezas. O referencial teórico explorado incluiu o pensamento algébrico, o raciocínio proporcional e a experimentação em sala de aula. Assim, planejou-se uma sequência didática marcada por se iniciar com a realização de quatro experimentos – cujos materiais, procedimentos e objetivos foram pensados e elaborados pelos próprios autores. Além disso, formulou-se uma lista de exercícios e duas propostas investigativas a serem feitas em grupo com o intuito de verificar o entendimento do assunto abordado e estimular a utilização e o desenvolvimento do pensamento algébrico e raciocínio proporcional. A aplicação da referida proposta se deu para duas turmas de sétimo ano do Ensino Fundamental de uma instituição pública de ensino que se uniram para participarem da aula. Com os resultados obtidos, percebeu-se que os experimentos realizados despertaram o interesse dos alunos e auxiliaram na compreensão das relações entre grandezas.</p> <p><span style="font-size: 10pt; font-family: Arial; font-style: normal;" data-sheets-value="{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:&quot;As dificuldades de aprendizagem no estudo de conteúdos algébricos sinalizam a necessidade de metodologias que possibilitem um envolvimento mais ativo dos alunos nas aulas e uma maior conexão dos tópicos abordados com situações concretas. Diante desse contexto, desenvolveu-se esta pesquisa qualitativa do tipo intervenção pedagógica com o objetivo de analisar as contribuições do uso da experimentação no processo de ensino e aprendizagem de proporcionalidade entre grandezas. O referencial teórico explorado incluiu o pensamento algébrico, o raciocínio proporcional e a experimentação em sala de aula. Assim, planejou-se uma sequência didática marcada por se iniciar com a realização de quatro experimentos – cujos materiais, procedimentos e objetivos foram pensados e elaborados pelos próprios autores. Além disso, formulou-se uma lista de exercícios e duas propostas investigativas a serem feitas em grupo com o intuito de verificar o entendimento do assunto abordado e estimular a utilização e o desenvolvimento do pensamento algébrico e raciocínio proporcional. A aplicação da referida proposta se deu para duas turmas de sétimo ano do Ensino Fundamental de uma instituição pública de ensino que se uniram para participarem da aula. Com os resultados obtidos, percebeu-se que os experimentos realizados despertaram o interesse dos alunos e auxiliaram na compreensão das relações entre grandezas.&quot;}" data-sheets-userformat="{&quot;2&quot;:1023,&quot;3&quot;:{&quot;1&quot;:0},&quot;4&quot;:[null,2,16773836],&quot;5&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;6&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;7&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;8&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;9&quot;:0,&quot;10&quot;:1,&quot;11&quot;:3,&quot;12&quot;:0}"> </span></p> 2021-08-10T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 REMAT: Revista Eletrônica da Matemática https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/4774 A interdisciplinaridade no ensino de Matemática nas séries finais do Ensino Fundamental: uma perspectiva sob a visão do licenciando 2021-03-15T22:56:58-03:00 Osmano Melo Oliveira osmanomelo2020@hotmail.com Keidna Cristiane Oliveira Souza keidna@uft.edu.br Leandro Luiz da Paixão leandro.luiz@mail.uft.edu.br <p>O presente artigo discorre sobre a prática de ensino de Matemática a partir da utilização da interdisciplinaridade. Tem por objetivo evidenciar o diálogo entre as áreas do conhecimento como uma ferramenta fundamental para o ensino de Matemática. Quanto ao percurso metodológico, trata-se de um relato de experiência em uma turma de Matemática de 8º ano realizado no Estágio Supervisionado que aconteceu no Colégio Estadual Presidente Castelo Branco em Nazaré, TO. Destaca-se que este trabalho se constitui em um relato de experiência que permite diálogo com outros autores, a partir de uma atividade interdisciplinar desenvolvida durante o Estágio Supervisionado, onde foram realizadas atividades como: leitura e interpretação de textos, apresentação de conteúdos em projetor multimídia, discussão dos conteúdos, resolução de problemas e atividades. Promove-se, assim, uma reflexão sobre o ensino de Matemática nas séries finais do Ensino Fundamental II, etapa em que se encontram falhas, como a dificuldade de aprendizagem e interpretação dos conteúdos, interferindo na aquisição de habilidades e competências próprias para essas idades e séries, o que dificulta a aquisição de novos conhecimentos, provocando aversão à disciplina. Percebeu-se que, quando a metodologia de ensino prioriza a elucidação da questão em uma abordagem político-social, valorizando os conhecimentos prévios dos alunos e auxiliando-os nos problemas advindos das dificuldades de interpretação de texto, por exemplo, o resultado é satisfatório: os alunos chegam às respostas e demonstram interesse pela disciplina.</p> 2021-09-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 REMAT: Revista Eletrônica da Matemática https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/4856 Em tempos de ensino remoto: praticando Matemática no Google Forms a partir de um boletim epidemiológico sobre o Coronavírus-Covid-19 2021-02-15T14:04:48-03:00 Marcos Antônio Guedes Caetano marcostano@hotmail.com <p>Este trabalho visa tecer considerações sobre o desenvolvimento de uma atividade matemática remota junto aos alunos do 6º ano da Escola Municipal Claudionora Nobre de Melo, situada no município de Caravelas. A condução dessa prática pedagógica teve como ponto de partida um boletim epidemiológico sobre o Coronavírus-Covid-19 referente a esta localidade do Extremo Sul da Bahia. Tal estudo se justifica pelo fato de ser uma estratégia que possibilita o diálogo entre duas vertentes: o momento pandêmico atual e o conhecimento matemático, favorecendo assim o aprendizado dos conteúdos matemáticos. Nessa perspectiva, lança mão da metodologia de resolução de problemas a partir de situações matematizadas e com base nas reflexões freireanas, que propõe viabilizar a convivência com a Matemática, criando condições para que esse conhecimento seja construído. Com este direcionamento, apoia-se também na BNCC que retrata esse aspecto metodológico como um instrumento privilegiado no processo de ensino e aprendizagem do ensino fundamental. Para tanto, recorre ao Google Forms como recurso pedagógico e tecnológico, subsidiando o presente estudo e como forma de despertar o interesse do aluno. Tudo indica que fomentar ações de natureza interdisciplinar diversifica, dinamiza e enriquece o binômio ensinar e aprender de Matemática, o que de certo modo também estabelece relações entre o objeto matemático e acontecimentos reais vinculados às vivências dos alunos, como as questões de âmbito social, voltadas à área de saúde. São contextos viáveis e significativos de construção do exercício matemático.</p> 2021-08-11T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 REMAT: Revista Eletrônica da Matemática https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/4800 Modelagem Matemática para otimização de desempenho de móbiles em descida de rampa 2021-03-25T16:31:52-03:00 Maurício Garcia Chiarello mauricio.chiarello@gmail.com <p>O presente estudo analisa móbiles, dotados ou não de força de tração, que descem uma rampa inclinada sob a ação da gravidade, sujeitos às forças de arrasto e atrito de rolamento. A partir do equacionamento dinâmico e da obtenção das equações de velocidade e posição, investigou-se o efeito que possui a massa dos móbiles sobre seu desempenho em uma eventual competição, entendendo por desempenho a distância percorrida pelos móbiles em um intervalo fixo de tempo, previamente estipulado. Foi possível concluir que, quando os móbiles não são motorizados, o desempenho cresce continuamente com a massa. Por esse motivo, é necessário padronizar o valor de massa dos veículos competidores para garantia de isonomia. Já quando são dotados de força de tração constante, pode haver um valor de massa capaz de maximizar o desempenho, sendo por isso interessante deixar para as equipes competidoras a tarefa de determinar o valor de massa mais vantajoso para seus veículos. Foram avaliadas as condições sob as quais o desempenho admite ser otimizado e uma expressão analítica para determinação da massa dos móbiles que maximiza o desempenho foi obtida.</p> 2021-08-04T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 REMAT: Revista Eletrônica da Matemática https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/4330 Integral gaussiana pela série de Taylor e aplicações 2021-01-15T21:31:49-03:00 Lázaro Lima de Sales lazarosales@alu.uern.br Jonatas Arizilanio Silva ARIZILANIO@HOTMAIL.COM Eliângela Paulino Bento de Souza eliangela@gmail.com Hidalyn Theodory Clemente Mattos de Souza hidalyn.souza@ufersa.edu.br Antonio Diego Silva Farias antonio.diego@ufersa.edu.br Otávio Paulino Lavor otavio.lavor@ufersa.edu.br <p><span style="font-size: 10pt; font-family: Arial; font-style: normal;" data-sheets-value="{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:&quot;Neste artigo, apresentamos uma solução para uma integral gaussiana específica. Introduzindo um parâmetro que depende de um índice n, encontramos uma solução geral inspirada na série Taylor de uma função simples. Demonstramos que esse parâmetro representa os coeficientes da expansão dessa função, um resultado muito interessante e novo. Também introduzimos alguns teoremas que são provados por indução matemática. Como teste para a solução apresentada aqui, investigamos uma versão não extensiva para a densidade do número de partículas na estrutura de Tsallis, o que nos permitiu avaliar a funcionalidade do método. Soluções para uma determinada classe das funções gama e fatorial também são derivadas. Além disso, apresentamos uma aplicação simples em cálculo fracionário. Concluindo, acreditamos na relevância deste trabalho, pois apresenta uma solução para a integral gaussiana de uma perspectiva inédita.&quot;}" data-sheets-userformat="{&quot;2&quot;:1023,&quot;3&quot;:{&quot;1&quot;:0},&quot;4&quot;:[null,2,16773836],&quot;5&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;6&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;7&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;8&quot;:{&quot;1&quot;:[{&quot;1&quot;:2,&quot;2&quot;:0,&quot;5&quot;:[null,2,0]},{&quot;1&quot;:0,&quot;2&quot;:0,&quot;3&quot;:3},{&quot;1&quot;:1,&quot;2&quot;:0,&quot;4&quot;:1}]},&quot;9&quot;:0,&quot;10&quot;:1,&quot;11&quot;:3,&quot;12&quot;:0}">Neste artigo, apresentamos uma solução para uma integral gaussiana específica. Introduzindo um parâmetro que depende de um índice n, encontramos uma solução geral inspirada na série Taylor de uma função simples. Demonstramos que esse parâmetro representa os coeficientes da expansão dessa função, um resultado muito interessante e novo. Também introduzimos alguns teoremas que são provados por indução matemática. Como teste para a solução apresentada aqui, investigamos uma versão não extensiva para a densidade do número de partículas na estrutura de Tsallis, o que nos permitiu avaliar a funcionalidade do método. Soluções para uma determinada classe das funções gama e fatorial também são derivadas. Além disso, apresentamos uma aplicação simples em cálculo fracionário. Concluindo, acreditamos na relevância deste trabalho, pois apresenta uma solução para a integral gaussiana de uma perspectiva inédita.</span></p> 2021-07-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 REMAT: Revista Eletrônica da Matemática