Alimentação escolar da rede estadual: um estudo de caso

  • Vitória Caroline Bolson
  • Andriele Teles de Oliveira
  • Angélica Ferari Rodrigues
  • Fernando Menegat
Palavras-chave: Alimentação escolar, Rede estadual, Saúde

Resumo

“A resolução FNDE/CD n32, art. 14, recomenda que o cardápio da alimentação escolar deve cobrir no mínimo 15% das necessidades diárias dos alunos do ensino regular”. A educação nutricional é o conjunto de atividades de comunicação destinado a melhorar as práticas alimentares indesejáveis, com uma mudança de hábito alimentar. Neste sentindo, a escola é o melhor ambiente para promover a saúde, incluindo as ações da educação nutricional, pois favorece a interação entre os membros da escola, como alunos, funcionários e familiares, proporcionando condições para desenvolver atividades, transformando a escola em um local favorável à convivência saudável. Em decorrência da importância da alimentação escolar esta pesquisa possui como objetivos principais conhecer a política pública de alimentação escolar, verificar se a merenda escolar está sendo aplicada conforme orientações fornecidas pela nutricionista responsável e alertar os alunos para que escolham corretamente sua alimentação e que não sejam prejudicados futuramente. A metodologia constitui-se de revisão bibliográfica e pesquisa de campo, onde foram aplicados 50 questionários para alunos do ensino médio com o intuito de verificar o conhecimento dos alunos no que se refere à alimentação escolar e entrevista com autoridades responsáveis pela merenda escolar na rede estadual de educação. A pesquisa mostra que 30% dos alunos conhecem pouco sobre o assunto alimentação saudável e 56% não têm nenhum conhecimento. Também 82% afirmam que nenhum professor ou funcionário fala sobre a alimentação saudável no ambiente escolar. Visto que os adolescentes de hoje em dia usam a internet com muita frequência, este trabalho a fim de ajudar na solução do problema da falta de alimentação correta no ambiente escolar confeccionou um aplicativo sobre alimentação saudável e a criação de uma página na internet para melhorar o acesso às informações públicas a cerca da alimentação escolar na rede estadual de educação.
Publicado
2018-05-18
Edição
Seção
Ciências da Saúde - Ensino Médio