Armas Químicas: da Primeira Guerra Mundial até hoje

  • Ezequiel de Jesus de Paula Sperafico
  • Henrique Oliveira Grandi
  • Duan Manosso
  • Josimar Vargas
Palavras-chave: Armas químicas, Primeira Guerra Mundial, Gás

Resumo

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito de escala global que atingiu principalmente a
Europa, mas também envolveu outros continentes indiretamente. Foi nela também que
ocorreu uma evolução no modo de combate, com a introdução de armas avançadas, veículos
blindados, explosivos e armas químicas no Teatro de Operações. Na Primeira Guerra Mundial
foram utilizadas pela primeira vez, em larga escala, as armas químicas, compostos gasosos
nocivos para humanos. Sendo assim, o objetivo da presente pesquisa é mostrar quais foram
os gases usados na Primeira Guerra Mundial, assim como qual sua importância para a guerra,
o quanto foram decisivos, explicar suas características químicas e sua evolução através do
tempo. A pesquisa também visa mostrar que substâncias que outrora eram utilizadas para
dizimar pessoas possuem hoje utilidades benéficas. A pesquisa foi efetuada através de
pesquisa bibliográfica, em fontes como: livros, artigos científicos, documentários, páginas de
internet, videoaulas, etc. Pode ser verificado inicialmente as presenças do gás cloro, usado
primeiramente pelo exército alemão contra os francese, o gás cianídrico, um gás altamente
penetrante em materiais porosos e o gás mostarda, que acabou sendo banido devido sua alta
toxicidade. Por fim, o trabalho deverá mostrar que algo concebido e utilizado para um fim
maléfico pode possuir uso em favor da humanidade. Com o desenvolvimento da sociedade,
os humanos encontram melhores usos para o que antes era usado para ferir e causar mortes
agora é usado para pesquisar e progredir.

Publicado
2018-05-18
Edição
Seção
Ciências Exatas e da Terra - Ensino Médio -Técnico