Poluição do ar e doenças respiratórias em Caxias do Sul

  • Paulo Henrique Darabas Bitencourt
  • Lucas Fernandes Duarte
  • Suélen Cristina Boeck
  • Tânia Maria Boff
Palavras-chave: Poluição, Doenças, Ar

Resumo

O presente projeto tem como enfoque a poluição do ar na cidade de Caxias do Sul, verificando se a mesma pode provocar complicações no trato respiratório humano, assim resolvendo alguns problemas como dificuldade no tratamento de doenças respiratórias e a prevenção de possíveis casos. A cidade teve um grande crescimento nos últimos anos tornando-se um pólo metal-mecânico, além de abrigar um contingente de 292.901 (duzentos e noventa e dois mil novecentos e nove) automóveis. Esses são fatores que podem contribuir muito para o aumento da poluição atmosférica, afetando também a saúde da população. Teremos como objetivo encontrar a relação entre poluição e o sistema respiratório humano, analisando compostos poluentes e quais são as possíveis complicações que podem causar para a saúde humana, levando em consideração os fatores da cidade de Caxias do Sul, como o número de automóveis, a poluição causada por empresas, clima, relevo, entre outras. Também será verificado se há um aumento de doenças respiratórias, proporcionalmente a um aumento da poluição atmosférica. A pesquisa proposta pode ser classificada como bibliográfica, pois envolve intrinsecamente a obtenção de dados a partir de livros, artigos e pesquisas já existentes. Há também a possibilidade de que a pesquisa seja de campo, uma vez que foram obtidos dados de diversas instituições de saúde, visando agregar à pesquisa, dados quantitativos. Ao decorrer do projeto pôde-se ter noção de possíveis resultados, relacionando o aumento da poluição atmosférica com o aumento dos casos de asma na cidade, tendo 124 casos confirmados em 2008 comparado com 251 casos em 2015.

Publicado
2018-05-18
Edição
Seção
Ciências da Saúde - Ensino Médio